AGRICULTURA
Por: Melissa Bulegon - MTE 11.607
31.01.2019 - 16h:14min
Sossella comemora a liberação da criação de tilápia na bacia do Rio Uruguai
Sossella presidiu audiência em 2017 (Foto: Wilson Cardoso/Arquivo)
Como coordenador do Grupo de Trabalho da Pesca na Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) comemorou a liberação de criação da tilápia-do-Nilo em tanques escavados na bacia do Rio Uruguai. A atividade estava proibida no Rio Grande do Sul desde 2003, a pedido do Ministério Público Federal, e será retomada após estudos demonstrarem que não há risco de dispersão da espécie.

De acordo com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), a regularização definitiva da atividade depende agora de portaria da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura. Há quase três anos, Sossella tem atuado em prol da liberação da tilápia, espécie exótica originária da Ásia.

“Recebemos a demanda do prefeito de Santo Cristo, Adair Philippsen, e em fevereiro de 2017 presidimos uma audiência pública no município para debater o assunto tão importante, já que se trata de uma alternativa de renda para os agricultores familiares e para a região”, destacou o deputado.

Na ocasião, foram definidas medidas e criado um grupo para encaminhar o tema junto ao juiz federal Rafael Castegnaro Trevisan, autor da ação civil pública que proibiu a criação de tilápia. Um mês depois, Sossella e lideranças de Santo Cristo participaram de uma reunião com o magistrado em Passo Fundo. “Ele nos autorizou a encaminhar o processo para a Assembleia Legislativa para ser feita uma análise a respeito junto com técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Ele também solicitou um parecer técnico de uma entidade oficial do Estado a respeito”, recordou Sossella.

O evento contou com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores e lideranças dos municípios da Grande Santa Rosa, além de representantes da Secretaria do Estado do Desenvolvimento Rural, da Fepam, do Conselho Gaúcho da Pesca Aquicultura Familiar, Emater, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, agricultores, imprensa e demais entidades e interessados.

Em julho do ano passado, o deputado trabalhista, representado pela assessora Maria Beatriz Kunkel, esteve em reunião com a procuradora Fernanda Alves de Oliveira, no Ministério Público Federal em Passo Fundo. Durante o encontro, ela reforçou a importância da liberação para produção e comercialização do peixe tilápia no Estado. A reunião contou também com a participação do policial reformado Olavo Albuquerque, que representou a região das Missões, tão prejudicada com a proibição.

“Para nós é uma alegria ver que a liberação da tilápia já é uma realidade. Estivemos juntos nesta luta por meio de inúmeras ações feitas não apenas no Estado, mas também em Brasília para agilizar essa demanda no Ibama. Esta vitória irá contribuir diretamente na economia dos pequenos produtores da bacia do Uruguai e, ao mesmo tempo, preservará as questões ambientais essenciais para a preservação da espécie”, completou Sossella.